domingo, maio 17, 2009

guitarra...

2 comentários:

Arabica disse...

Há tantos anos.


E agora sem som, só me posso mesmo socorrer da memória.

Beijos

alecerosana disse...

É lá, na memória, que se encontram os sons mais bonitos

Beijos