domingo, julho 01, 2012

A festa

Risos que a saudade torna autênticos. Despreocupações da juventude vivida na plenitude dos que se gostam, e tu. Presença imaterial como um halo que alimenta a esperança. Estás. E saltam as discussões habituais; terras raras - lantanídeos, os ácidos, as bases e os sais. Anti-matéria. E a referência; "sim porque o T..." e os olhos brilham, o coração salta, a alma ultrapassa os vinte e um gramas começando a ocupar espaços por descobrir. E elas "arregalam nos olhos" bebendo toda a informação conducente às  origens; à origem.

3 comentários:

O Árabe disse...

Bela escolha! Obrigado, boa semana.

alecerosana disse...

Obrigada! :) Bom Domingo.

Brown James disse...

Giants Jerseys
Redskins Jerseys