sábado, junho 10, 2006

A noite...


Foto tirada pelo meu amigo Z.C.

Gosto de estar na quietude da noite, sentir a brisa do vento que livremente entra pela janela aberta.
Gosto do toque suave do pensamento quando navega sobre as águas de um mar chão onde se reflecte a luz da lua em quarto crescente.
Gosto de ouvir o som do silêncio de olhar a luz dos pirilampos.
Gosto de olhar as estrelas, imaginar que nelas habitam sonhos de luz que me fazem crescer.
Gosto das sombras que ora me assustam.. ora me divertem.
Gosto da noite... não a noite turbulenta, mas a que me que me traz a Paz, a que me aproxima daqueles de quem gosto.
Gosto de saber que a tua imagem ficará para sempre envolta numa aura de luz.
Estendo a mão, gosto de pensar que reaprenderei a caminhar.

4 comentários:

pb disse...

Tambem gosto da noite calma, de sentir a brisa na cara nos dias quentes, de olhar as estrelas e sentir paz, de ouvir o som do silencio entrecortado aqui e acolá pelo " grito " de alguma ave nocturna. Nessas noites, sinto-me bem e deixo o pensamento voar livremente em busca da felicidade efemera. Uma beijoca

alecerosana disse...

Meu Amigo, que bom foi ler-te hoje, há dias em que é importante recordarem-nos que a amizade existe.
Um beijito!

Vanda Baltazar disse...

A amizade às vezes vem disfarçada de passaro...outras de flor...outras, embrulhada numa carta...a amizade encontra-se quando se estende a mão na direcção certa...

Um beijo, grande grande!

alecerosana disse...

Que sábias palavras, querida Van... é tão bom senti-la sincera e afastada de interesses ocultos...
Abraço daqui... até aí!!