domingo, novembro 26, 2006

amizades

Quando se gosta de verdade não há montes nem vales intransponíveis. Sexta -feira encontrei-me com uma amiga que já não via há três anos (a ideia era ir ao concerto). Por motivos profissionais ela foi viver durante um ano para EUA e também pela sua intensa actividade profissional, que por vezes se cruza com a minha, passou mais um ano e mais outro sem nos vermos ou termos qualquer contacto. Bastou um telefonema para iniciarmos a conversa exactamente no ponto onde a tinhamos deixado há três anos atrás. Fomos tomar uma água a um local cheio de gente, mas não vimos ninguém, a nossa conversa absorveu por completo aquele tempo roubado ao tempo.
Boa viagem minha amiga, B. e uma carrada de projectos para análise esperam-te!!

6 comentários:

Anónimo disse...

quando se gosta....


go s t a - s e!!!!!


mesmo para lá do nevoeiro!



bom dia.





______________a gostar!



piano.

alecerosana disse...

Por vezes o nevoeiro apenas serve para nos ajudar a focar os olhos para pontos menos visíveis à luz do sol.
Abraço!

pb disse...

mas quando se gosta, vê-se para alem do nevoeiro !! beijinhos e bom fim semana

alecerosana disse...

O nevoeiro é apenas um artefacto. Beijinho e bom fim de samana para ti também!

a rasar o ceu disse...

boa noite


palavras atiradas ao vento....


_________________


beijo.

alecerosana disse...

Abraço!