terça-feira, maio 16, 2006

O Tempo

Foto "roubada" do blog de um amigo.

"O tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem, o tempo respondeu ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto o tempo que o tempo tem."

E é assim que no pouco tempo que o tempo nos permite encontramos o tempo que dedicamos a quem gostamos, mesmo que esse tempo se manifeste apenas em palavras escritas.

5 comentários:

VERN disse...

pois é ...é um tempo escasso, incerto e danado...
que nos leva a pensar em dias de bruma serena onde apenas a existência faz algum sentido...
masmo assim é um precioso tempo de esperança que engrandece a memória espumosa dos nossos dias
Sempre e com toda a consideração...
BJS a propósito não partilho inteiramente a prosa da fissão, fusão e outras coisas nucleares...lá voltaremos)

alecerosana disse...

Vern
Isso, sempre e com toda a consideração...
Quanto à fissão, fusão e outras coisas nucleares, marcaremos dia e hora para debate (sorrindo, algo me diz que és incondicionalmente a favor...).
Gostei de te ver no meu ermo canto. Beijos

pb disse...

concordo contigo, ha sempre tempo para kem gostamos, nem ke seja a " picar " as teclas com a mao esquerda. beijokas Amiga

alecerosana disse...

pb, sorriso para ti!! E as melhoras! Partilha o sorriso com a Van...

Vanda Baltazar disse...

ahah :) ate que enfim consigo ler e apanhar o sorriso :) que retribuo com toda a minha sinceridade :)

tal como o tempo....ainda ha 5 minutos atras deixei dois convites, certo??????

Van